Sincronismo de Tempo


A necessidade de sincronização de tempo da subestação evoluiu de apenas uma marca temporal básica na sequência dos eventos e nos registros de perturbações para necessidades mais críticas, como medição de sincrofasores (IEEE C37.118), Sampled Measured Values (IEC 61850 9-2) e localização de faltas por ondas viajantes. Essas novas aplicações exigem a mesma confiabilidade e segurança para os dispositivos de sincronização de tempo que outros equipamentos projetados para aplicações em infraestruturas críticas, como relés de proteção em uma subestação.

Solicitar mais informações

*Este campo é obrigatório.