html{display:none} FAQ | Schweitzer Engineering Laboratories

FAQ


Filtro
Tipo
Categoria
41 resultados encontrados Página 1 de 3
Meu equipamento apresentou falha, como proceder?

Entre em contato com o nosso Suporte Técnico através do telefone (19) 3515-2010 ou e-mail (suporte@selinc.com), com o Serial Number (SN) e o Part Number (PN) do equipamento com defeito.

Como proceder para envio de equipamentos para reparo/assistencia?

Leia as instruções na página:  Reparo de Equipamentos na Garantia

Como faço para especificar a compra de um produto (MOT)?

Acesse a página do produto especificado no site (por exemplo: SEL-751A) e clique em Configurar. Monte a especificação (MOT) através das características do produto.

Como estabelecer comunicação Serial ou Ethernet com o relé?
Qual o cabo de comunicação que devo utilizar para comunicar com o relé?

Para computadores com portas USB, utilize o cabo  SEL-C662

Para outros cabos, baixe o  Guia de Cabos de Comunicação SEL-5801

Como os sincrofasores são usados em sistemas de energia hoje?

Os componentes básicos do sistema de sincrofasores são relógios GPS sincronizados por satélite, unidades de medição fasorial (PMUs, phasor measurement units), um concentrador de dados fasoriais (PDC, phasor data concentrator) e um software de visualização. PMUs múltiplas fornecem medições fasoriais sincronizadas de uma interconexão para um PDC que coleta e alinha os dados para análise. Os sistemas de sincrofasores têm uma ampla variedade de aplicações e atualmente são usados para percepção situacional em tempo real, registro e análise de perturbação, monitoramento e controle de área ampla, estimação de estado de alta precisão, verificação do modelo do sistema e detecção de ilha, entre outros. A evolução da tecnologia dos sincrofasores permitirá inovações em tecnologia Smart Grid.

Uma PMU integrada pode prejudicar o desempenho do relé?

Não. A SEL projeta todos os seus relés para operação confiável. Não há degradação do desempenho quando a PMU ou qualquer outro recurso (por exemplo, Ethernet, comunicações DNP3 e geração de eventos) estão habilitados no relé.

Onde localizo os concentradores de dados fasoriais no meu sistema?

Para obter os melhores resultados, instale os concentradores de dados fasoriais (PDCs, phasor data concentrators) em todas as subestações e em todos os centros de controle. Instalar um PDC em cada subestação produz os seguintes benefícios:

  • Minimiza a largura de banda de comunicação necessária fora da subestação. (Todos os dados da PMU são concentrados antes de serem enviados para o centro de controle.)
  • Melhora a segurança, fornecendo um único ponto onde fluxos de comunicação de sincrofasores podem ser gerenciados antes de deixar a subestação.
Como protejo as comunicações dos sincrofasores?

A SEL pode ajudar você a proteger seus meios de comunicação através do design de sistema e da utilização de dispositivos de comunicações seguros. Ao usar um PDC em sua subestação, todas as comunicações PMU passam pelo PDC, fornecendo uma camada entre a PMU e as comunicações de saída. Usar o protocolo UDP_S fora do PDC protege ainda mais as comunicações fora da subestação porque todas as comunicações de entrada são ignoradas pelo UDP_S. Finalmente, a SEL oferece dispositivos seriais de criptografia, gateways de Ethernet seguros etc., para proteger as comunicações dentro e fora de sua subestação.

Existe uma maneira de obter dados dos sincrofasores em meu sistema SCADA?

Sim. Se o seu sistema SCADA suportar o padrão de sincrofasor IEEE C37.118-2005, é possível enviar dados diretamente do PDC para o sistema SCADA. Caso contrário, use o Controlador de automação em tempo real SEL-3530 (RTAC, real-time automation controller) para traduzir do IEEE C37.118 para protocolos SCADA populares.

Como a nova versão do Compass acessa as configurações de proxy/firewall?

Versões mais antigas do Compass puxaram as informações de proxy/firewall somente das configurações do Internet Explorer.

Para permitir uma maior flexibilidade quando estiver por trás de proxys e firewalls, o Compass executa os passos abaixo na ordem listada para determinar como o acesso à Internet é realizado. Se uma opção de conexão não é válida, o Compass vai para a próxima opção na lista. Quando uma conexão viável à Internet for encontrada, o Compass irá parar de procurar. Se nenhuma conexão com a Internet pode ser feita, uma mensagem de erro é exibida.

O Compass se conecta à Internet:

  1. Puxando as informações de conexão a partir do formulário de opções do Compass.
  2. Usando o WPAD (Web Proxy Autodiscovery Protocol) para determinar a localização do arquivo PAC (Proxy AutoConfiguration) através de pesquisas de DHCP e DNS.
  3. Puxando as informações de conexão das opções de proxy do Internet Explorer.
Compass está relatando que não é capaz de encontrar o arquivo de atualização no local de origem. Como posso resolver esse problema?

As mudanças recentes (ou seja, servidores hospedados pelo CacheFly e como o Compass detecta a rota para a Internet) podem resultar em um relatório do Compass informando que não é capaz de encontrar o arquivo de atualização no local de origem. A seguir são descritas as soluções conhecidas para a mensagem mencionada acima.

Se você sabe as informações de proxy, insira os dados no campo apropriado no Compass. Digite as informações de proxy selecionando na barra de menu: Ferramentas -> Opções -> Conta de usuário SEL. Na parte inferior do formulário de informações de logon da conta de usuário SEL, você verá o espaço para ativar e inserir as configurações para um servidor proxy.

Alternativamente, a equipe de TI/SI de sua empresa pode adicionar exceções para as tabelas de roteamento, o que permitirá ao Compass acessar os sites necessários. Todos os links necessários estão listados abaixo.

Além de ser a lista de sites para os quais o Compass necessita acesso, ela é também a ordem usada pelo Compass para fazer download de itens necessários.

  1. https://customer.selinc.com/compass/proxy.php.
  2. https://www.selinc.com/myaccount/compassProxy.aspx.
  3. Após verificar o acesso à Internet e as credenciais SEL do usuário, o Compass redireciona para um local diferente baseado no pacote escolhido para ser feito o download.
    1. Os pacotes de software, como o acSELerator QuickSet, são redirecionados para https://selinc.cachefly.net.
    2. Outros pacotes vão para *.selinc.com.
  4. A resolução certificada é feita via crl.comodoca.com.

Itens que vimos que irão interferir no processo:

  • O número de redirecionamentos permitido é muito pequeno.
  • Arquivos compactados (*.ZIP) dos sites acima precisam ser permitidos.
  • Ainda que o CacheFly não use streaming, bloquear este recurso pode barrar sites do CacheFly. Acreditamos que isso ocorra porque o CacheFly pode transmitir dados e o bloqueio "blanket block" está impedindo o Compass de chegar ao CacheFly.

A instalação independente de software está disponível para download em: https://www.selinc.com/SEL-5030.

Preciso Instalar o software SEL-5030 acSELerator QuickSet, como proceder?

Para fazer o download do programa acSELerator, primeiramente é necessário registrar-se no site da SEL.

Após a efetivação do cadastro do login e senha registrados, é necessário entrar na  página do acSELerator e clicar em Download.

Veja as instruções completas para instalação e utilização do software no  Guia para Instalação e Utilização do Software SEL-5030.

Como utilizo o software SEL-5030 acSELerator QuickSet?

Faça download do Guia de Instalação do SEL-5030 acSELerator QuickSet:
Guia prático para instalação e utilização do Software SEL-5030 acSELerator QuickSet

Faça o Curso  S1 - Software acSELerator QuickSet

 

Como utilizo o software SEL-5032 acSELerator Architect?

Faça download do Guia de Instalação do acSELerator Architect:
Guia prático para instalação e utilização do Software SEL-5032 acSELerator Architect

Faça o Curso  S2 - Software acSELerator Architect

 

Como configurar e coletar as Oscilografias dos relés SEL?
Como ativar a licença do software SSNET da Subnet adquirida juntamente com o SEL-3354 (plataforma computacional)?
Como converter equações lógicas criadas no formato texto para diagrama de blocos?
O que CL2/CL10/CL20 significa?

O medidor de qualidade da energia e faturamento SEL-735 oferece uma gama de medição de corrente padrão de 1 mA a 22 A. Portanto, você não tem que especificar um medidor CL2, CL10 ou CL20 graças à vasta gama de medição dinâmica. A opção de entradas de tensão e corrente Slot Z deste modelo é intitulada classe de corrente CL2/CL10/CL20 otimizada para precisão low-end. O SEL-735 também oferece uma gama de medição de registro de faltas de 5 mA a 100 A. Essa opção é chamada de CL10/CL20, otimizada para registro de faltas de 100 A

Por que a SEL está construindo uma antena?

A SEL constrói produtos para infraestruturas críticas. Isso significa que os produtos SEL precisam ser confiáveis em todas as situações. A antena é a parte mais importante do sistema de cronometragem porque relógios sincronizados por satélite precisam de sinais GNSS para funcionar de forma confiável. As antenas são suscetíveis a raios, ao clima e a outros fatores externos, tornando-as o ponto mais provável de falha em um sistema de cronometragem. Tendo isso em mente, a SEL optou por construir uma antena mais confiável e com um desempenho maior que as antenas encontradas no mercado.