html{display:none} Barras Rompidas em Motores de Indução | Schweitzer Engineering Laboratories
Notícias / Produtos e Soluções / Barras Rompidas em Motores de Indução

Barras Rompidas em Motores de Indução

Os motores de indução consistem numa parte importante de muitos processos industriais. A identificação de falhas do motor em estágios iniciais é fundamental para melhorar a produtividade do processo e minimizar os danos ao motor.
De acordo com pesquisas efetuadas pelo EPRI (“Electric Power Research Institute” – Instituto de Pesquisas de Energia Elétrica) e IEEE (Instituto de Engenheiros Eletricistas e Eletrônicos), 5% das falhas de motores ocorrem devido a problemas na gaiola do rotor. 

Figura 1: Resultados de pesquisas do EPRI indicam que 5% das falhas do motor são devidas a faltas na gaiola do rotor

Caracterizada por uma trinca na junção entre a barra do rotor e o anel da extremidade em função do estresse térmico e mecânico durante a partida de motores com cargas de alta inércia, a análise da assinatura da corrente do motor (“Motor Current Signature Analysis” – MCSA) é o método mais popular para detecção de faltas na gaiola do rotor. Este método efetua a análise do espectro de frequência das correntes do estator para determinar as condições eletromecânicas do motor e carga associada. Quando ocorre a ruptura de uma ou mais barras, bandas laterais aparecem em (1 ± 2s).fo, onde (s) é o escorregamento do motor e (fo) é a frequência nominal do sistema. As magnitudes dessas bandas laterais aumentam em função do número de barras rompidas.
Assim, a função BBD (“Broken Bar Detection”), oferecida pelo SEL-710-5, identifica barras rompidas calculando as magnitudes relativas dos sinais das frequências de bandas laterais, causadas pela barra rompida, em relação às magnitudes dos sinais na frequência do sistema.

Figura 2: Componentes das bandas laterais e da fundamental para três barras rompidas

Usando este algoritmo de análise da assinatura da corrente (CSA), o SEL-710-5 identifica falhas no rotor independentemente das características do motor e tipos de carga associada.  

Figura 3: Magnitude média e limites do espectro de frequência de um motor operando com 50% da carga com uma barra rompida

Com o constante monitoramento do comportamento do motor, a detecção precoce do fenômeno barra rompida reduz os custos de manutenção e ajuda a evitar danos térmicos e mecânicos. Para tal o SEL-710-5 oferece:
·  A possibilidade de um relatório do histórico com data e hora das operações de BBD junto com a magnitude máxima da banda lateral e frequência associada. 
· A possibilidade de um relatório comprimido da medição de harmônicos para tensões e correntes. 
· Além da possibilidade de um recurso gráfico do espectro através do Software acSELerator QuickSet® SEL-5030.

Saiba mais acessando:
https://selinc.com/pt/products/710-5

Fonte: Jornal Interface Ed. 44