html{display:none} Bryan Fazzari | Schweitzer Engineering Laboratories

Bryan Fazzari

Quem é a SEL: História de um colaborador

A Arte da Engenharia

Bryan-Hero-1

“É impossível fazer música clássica com perfeição”, disse Bryan F., engenheiro sênior que atua no escritório da SEL em Boise, estado de Idaho. “Aprender a lidar com isso e ainda ter que se esforçar é algo que afeta todas as partes de sua vida.

Embora a perfeição não seja possível, Bryan acredita que a excelência está a seu alcance. Sendo um violinista talentoso, ele diz que a música o ensinou a superar desafios inevitáveis, erros e frustrações no espírito de melhoria contínua.

É uma lição poderosa que também moldou a forma como Bryan lida com sua carreira de engenheiro na SEL, onde ele é o responsável pela tecnologia de automação de distribuição, cujo foco principal é desenvolver produtos e soluções de automação.

Assim como a música, Bryan diz que a perfeição é passageira no espaço técnico em constante evolução onde ele construiu sua carreira.

“Mesmo que naquele instante pareça que você tem o projeto perfeito, os computadores vão evoluir. A resolução das telas ficará maior. As comunicações ficarão mais rápidas”, afirmou ele.

Ainda assim, com determinação e compromisso com a melhoria, é possível desenvolver soluções que superem as expectativas dos clientes e, em última análise, fornecer energia elétrica confiável para milhões de pessoas em todo o mundo. Bryan acredita que essa é uma mentalidade que permeia a SEL.

“Na SEL, se identificamos um problema, descobrimos uma maneira de mensurá-lo”, disse ele. “E uma vez que o mensuramos, é nossa responsabilidade resolvê-lo. Esse tipo de cultura é a razão pela qual somos conhecidos como uma empresa inovadora que faz avançar nossa indústria.”

A música e o rádio

O interesse de Bryan pela música e pela engenharia começou ainda jovem. Ele começou a praticar violino aos seis anos de idade e descobriu que gostava do lado competitivo e da performance na música clássica.

Alguns anos depois, Bryan foi apresentado à engenharia através de um meio incomum, em seu bairro: um clube de rádio amador da redondeza. Quando Bryan tinha 11 anos, ele ganhou sua licença de rádio amador e sabia que queria seguir uma carreira em engenharia elétrica.

“Engenheiros experientes são aqueles que inventam esse tipo de coisa e criam esse tipo de produto – eu sabia que era isso que eu queria fazer”, informou ele.

Bryan começou a estagiar na SEL enquanto cursava sua graduação na Universidade de Idaho. Naquele momento, seu trabalho focava em componentes de produtos individuais. Mas com o desejo de dominar um assunto, que aumentou enquanto ele tocava música, influenciou o próximo passo em sua trajetória.

Bryan queria ter um entendimento mais abrangente dos clientes da SEL e também da forma como os produtos operam em campo. Após sua formatura, ele aceitou um cargo de engenheiro de automação no departamento de Engenharia de Serviços SEL no escritório de Atlanta, estado da Geórgia. Ele trabalhou lá por seis anos e obteve um panorama geral da indústria, o que continua a influenciar seu trabalho.

“Quando tomamos uma decisão sobre um recurso ou desenvolvemos um novo produto, tenho uma perspectiva um pouco melhor de como ele pode ser usado, como pode ser recebido e quais recursos serão importantes”, disse ele.

De Solução to Produto

Hoje, Bryan trabalha no setor de Pesquisa e Desenvolvimento, usando as lições que aprendeu ao criar soluções personalizadas na Engenharia de Serviços, a fim de desenvolver produtos de automação de distribuição que atenderão às necessidades de muitos clientes.

Um grande empreendimento está na frente da adaptação da localização de faltas, isolamento e restauração de serviço (FLISR) de uma solução personalizada para um produto de software que será lançado através da plataforma de aplicativos SEL Blueframe.

Ao permitir que os clientes localizem e isolem rapidamente faltas permanentes e redirecionem a eletricidade para partes não afetadas de uma rede de distribuição, a tecnologia FLISR melhora o tempo de restauração dos serviços durante uma queda de energia e limita os danos aos equipamentos.

“Quando você tem uma queda de energia, a primeira pergunta que todo mundo faz é: Em quanto tempo a energia vai voltar?” Bryan diz. “A FLISR é uma solução que torna isso mais rápido.”

Para tornar esse projeto realidade, o tempo de Bryan foi dividido em duas grandes atividades: primeiro, liderar uma equipe de desenvolvimento de produtos para definir como será o software e como ele funcionará e, segundo, colaborar com os clientes e a equipe do departamento de vendas e atendimento ao cliente da SEL para entender completamente as necessidades do público da FLISR.

“É uma missão dos sonhos”, diz Bryan. “Acompanhar o ciclo de vida de um produto desde o início até a entrega tem sido uma experiência incrível.”

Bryan-Content-2

The Magic of Simplicidade

Algo que fascina Bryan tanto na música clássica quanto na engenharia são as complexidades ocultas que elas têm.

“Mostre uma partitura para alguém, e eles dirão: isso é música”, afirmou ele. “Mas o que isso diz? Como você traduz isso em algo encantador que as pessoas podem ouvir?”

Os engenheiros enfrentam um desafio semelhante ao desenvolver tecnologias de sistemas de potência.

“A rede elétrica é a máquina mais complexa que a humanidade já fez”, disse Bryan. “Como você torna isso algo simples? Esse é um desafio que nunca vai acabar.”

Parte do trabalho de Bryan é tornar essas complexidades em eletricidade simples e confiável, que as pessoas podem confiar e usar, apertando um botão.

Entregar simplicidade ao usuário final também é um dos principais objetivos do projeto FLISR. Bryan e sua equipe projetaram o software para orientar os clientes na configuração do sistema, na conclusão das configurações e na resolução de erros antes da implementação.

“Quando você instala o FLISR pela primeira vez, você deve sentir que a SEL dedicou um tempo para aprimorá-lo a um nível em que eles dizem o que você precisa saber e o orientam para o sucesso”, afirmou Bryan.

Honrando os detalhes

Bryan acredita que alcançar a excelência depende de examinar de perto todos os aspectos da experiência de um cliente com um produto, incluindo as emoções que um produto os faz sentir. Ele afirma que a música o ensinou da importância de se comprometer com extrema atenção aos detalhes.

“Os clientes vão passar a maior parte de suas vidas no trabalho e usar os produtos da SEL o dia todo”, disse ele. “Então, como deve ser a experiência deles?”

Na SEL, a resposta vai muito além de fornecer um produto com o desempenho esperado. Os engenheiros devem levar em conta a conexão emocional que os clientes formam com os dispositivos, ou correm o risco de produzir uma tecnologia funcional que não ofereça uma experiência satisfatória ao usuário. Com isso em mente, Bryan e sua equipe analisaram minuciosamente os menores detalhes do projeto FLISR, incluindo as cores dos botões e a rapidez com que as informações são carregadas na tela.

Bryan afirma que a cultura da SEL, que incentiva os colaboradores a terem orgulho de seu trabalho e assumirem suas responsabilidades para com seus clientes e o público, alimenta esse compromisso com a excelência.

“Na SEL, você não é apenas um recurso”, afirmou ele. “Você está aqui para criar algo que nunca foi feito antes, e espera-se que você tenha orgulho disso.”

Leia mais sobre a cultura de criatividade, inovação e colaboração de nossa empresa

Mais sobre nossos colaboradores, produtos e soluções

HighlightCard-Hospital
Histórias de impacto

Fazemos nossa parte para que eles possam fazer a deles

HighlightCard-Lew
Histórias de colaboradores

Execução com propósito

HighlightCard-Sheila
Histórias de colaboradores

Encontrando seu caminho