html{display:none} Iluminando o Desert Nation | Schweitzer Engineering Laboratories
Hero Option 3

Iluminando o Desert Nation

Étemporada de rajadas no Deserto de Sonora, região da Nação Indígena Tohono O'odham. Estas poderosas rajadas de vento surgem repentinamente e causam tantos danos quanto um tornado.

Para a Concessionária de Tohono O'odham, geralmente, isso significa interrupções do fornecimento de energia para seus clientes, longas noites de trabalho e horas extras para os 16 técnicos que cobrem um território de mais de 11.395 quilômetros quadrados.

Mas tudo isso estava prestes a mudar.

Este ano marca um feito histórico para a região e para o setor de energia elétrica em todo o mundo. Sendo uma das primeiras concessionárias a instalar o SEL-T400L – um relé que opera com tecnologia no domínio do tempo – eles foram os primeiros a experimentar a velocidade de disparo sem precedentes do relé durante um evento ao vivo. Quanto mais rápido um relé dispara, menos tempo as perigosas correntes em falta permanecem no sistema. Essa velocidade, combinada com tecnologias avançadas como a localização de faltas de ondas viajantes, faz do SEL-T400L um relé que economiza tempo e dinheiro para uma concessionária. O evento ao vivo marcou a entrada em uma nova era de proteção do sistema de energia elétrica para a TOUA, garantindo a confiabilidade de seu serviço nos próximos anos.

Na remota região nativo-americana do Arizona está situada a segunda concessionária de energia elétrica mais antiga de propriedade indígena operada nos Estados Unidos: a Tohono O'odham Utility Authority (TOUA).

Os Tohono O'odham, que significa “Povo do Deserto” em seu idioma nativo, criaram a TOUA no final dos anos 1960 para impulsionar sua soberania e futuro econômico. Depois de comprar um sistema de distribuição na reserva de uma cooperativa elétrica externa, o primeiro grande empreendimento da concessionária foi conectar mais casas à rede elétrica. Em uma área quente e desolada de estradas de terra, sem sinalização e casas separadas por grandes distâncias, foi uma grande conquista para uma pequena concessionária de energia. Meio século depois, a concessionária evoluiu para fornecer serviços de telefonia, água, celular e internet.

TOUA Logo

A TOUA fornece energia elétrica, telefonia, água, conexão para celular e serviços de internet a 3.000 clientes em 11.395 quilômetros quadrados – com apenas 16 funcionários. Seu logotipo apresenta uma ponta de flecha que divide a paisagem do deserto, enquanto as linhas de energia se localizam acima, uma mistura perfeita de tradição cultural e tecnologia moderna.

Mundo antigo, alta tecnologia

A Nação Tohono O'odham abrange 11.395 quilômetros quadrados a oeste de Tucson e ao sul, junto à fronteira com o norte do México. 

Cactus in the desert
Mission San Xavier del Bac

Os cactos Saguaro (no canto superior esquerdo) podem atingir alturas de 12 metros e pontilham a paisagem do deserto ao lado de inúmeras outras espécies (no canto inferior direito). Os cactos são cuidadosamente cultivados em torno da histórica Missão San Xavier del Bac (canto superior direito), e são chamados de “a pomba branca do deserto”, por sua aparência única e suas belas flores que desabrocham no verão.

Galeria de Fotos
Closeup of cactus spikes

No coração de sua terra natal ancestral e afastada de uma estrada de terra sinuosa situa-se uma estação de medição TOUA protegida por uma cerca alambrada. Dentro há um gabinete metálico que abriga o SEL-T400L. O local representa uma justaposição cultural: uma tecnologia de ponta escondida em meio a um ambiente mergulhado na história.

As monções atingem o pico no verão, quando tempestades terríveis chamadas microrrajadas surgem na paisagem do deserto – muitas vezes à noite – trazendo a chuva para a paisagem ressequida e acompanhada por ventos fortes.

“Temos algumas tempestades bem fortes aqui, com muitos raios, o que pode dificultar o fornecimento de eletricidade confiável aos nossos clientes”, disse Darrold Hobbs, gerente de operações do departamento de energia da TOUA. “Para evitar interrupções e apagões, sabíamos que precisávamos modernizar o equipamento antigo. Ouvi falar do novo relé da Schweitzer Engineering – que era rápido e simples – e decidimos usá-lo para atualizar nosso equipamento.”

Essa decisão fez da TOUA a segunda concessionária do mundo a usar a tecnologia de domínio do tempo da SEL para desarmar disjuntores de linha. A outra concessionária é a Companhia de Serviços Públicos do Novo México, que atende a mais de 500.000 clientes, gera energia própria e tem mais de 1.500 funcionários. Em contraste, a TOUA atende 3.000 clientes, compra energia de várias empresas externas e tem apenas 16 funcionários em sua equipe elétrica.

two men in a control house looking at equipment

A instalação do SEL-T400L permite que os funcionários da TOUA utilizem seu tempo e esforço onde é mais necessário.

“Eles trabalham duro e são qualificados, mas somos uma pequena concessionária com recursos limitados tentando cobrir um território bem vasto”, afirma Hobbs.

Uma perturbação em uma linha pode fazer com que os funcionários da concessionária tenham que dirigir uma hora e meia para isolar uma falta, às vezes em estradas precárias durante uma tempestade, acrescentou.

Parte do projeto SEL-T400L inclui localização de faltas por ondas viajantes, uma tecnologia que pode economizar horas de trabalho para as concessionárias ao tentar localizar faltas. A tecnologia identifica a localização de uma falta dentro da extensão de uma torre.

O primeiro teste no mundo real

Pouco depois que o SEL-T400L entrou em operação, uma forte tempestade de vento atingiu o território de Tohono O'odham, dando ao relé seu primeiro teste no mundo real. Em pouco mais de meia hora, houve sete faltas e, a cada vez, o SEL-T400L disparou em menos de 2 ms. Estes eventos fizeram com que a TOUA se tornasse a primeira concessionária de sub-transmissão a experimentar a velocidade de disparo sem precedentes desse relé.

“Se não fosse por essa nova tecnologia, a energia teria acabado e nossa equipe estaria dirigindo pela área, tentando restaurá-la sob o mau tempo”, disse Hobbs. “Em vez disso, o relé funcionou tão bem que só viemos a saber sobre esse distúrbio posteriormente.

Com este evento, a TOUA fez história na proteção de transmissão de energia elétrica.

—Fim—


A história de modernização da PNM

Veja o projeto
A história de modernização da PNM

Solução de microrrede desempenha grande papel no campus

Veja o projeto
Solução de microrrede desempenha grande papel no campus